Página Inicial | Mapa da cidade | Telefones Úteis | Fale conosco | Webmail | Horoscopo e tarot | chat | Receber noticias
Notícias :
Previous Next
Itanhaém tem o melhor índice de efetividade do SUS na Baixada Santista

pronto_socorro_fachada_nova02_principal

O Município de Itanhaém ocupa a 34ª posição em levantamento feito Ministério da Saúde, na avaliação de efetividade do Sistema Único de Saúde (SUS).  A cidade também se destaca na Região Metropolitana da Baixada Santista, ficando na frente de municípios com estrutura maior no setor, como Santos.

Itanhaém tem o melhor índice de efetividade do SUS na Baixada Santista

pronto_socorro_fachada_nova02_principalO Ministério da Saúde avaliou a efetividade do SUS em Itanhaém, dentro do Índice de Desempenho do SUS (Idsus).  A avaliação da efetividade ganhou nota 8,41. Tal índice é obtido através de indicadores como a cobertura de vacina tetravalente em menores de um ano, a média anual da ação coletiva de escovação dental supervisionada e a proporção de internações sensíveis à atenção básica. Além disso, são levados em consideração as proporções de partos normais realizados na Cidade.

Itanhaém, que se enquadra no grupo 3 do Ministério da Saúde, ocupa o primeiro lugar no quesito Efetividade do SUS entre as nove cidades da Baixada Santista. Nesse item, ficou na frente de Santos, que figura no grupo 1 do Ministério da Saúde.

O Índice de Desempenho do SUS (Idsus) é um indicador síntese, que faz uma aferição contextualizada do desempenho do Sistema de Único de Saúde (SUS) quanto ao acesso (potencial ou obtido) e à efetividade da Atenção Básica, das Atenções Ambulatorial e Hospitalar e das Urgências e Emergências.

No caso de Itanhaém, o Idsus atingiu a média de 5,44, que fica bem próxima da média nacional (5,46) e um pouco abaixo da média estadual (5,77).

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Josiane Arrivabene, os números do índice de efetividade comprovam a eficácia dos programas preventivos realizados no setor. “É um grande estímulo para continuarmos o trabalho de humanização no atendimento, que também contribuiu para esse número positivo”.

O prefeito João Carlos Forssell destacou que o índice foi atestado pelo Ministério da Saúde, que levou em consideração dados estatísticos levantados no serviço público.  “Ter a efetividade comprovada pelo Ministério é um ponto positivo, sem dúvida. Mas temos consciência de que esse desempenho será ainda melhor com a anunciada ampliação do Hospital Regional por parte do Governo do Estado, que vai acontecer nos próximos anos”.

Avaliação de Efetividade do SUS na Baixada Santista:

Itanhaém – 8,41
Peruíbe – 7,83
Praia Grande – 7,44
Bertioga – 7,42
Santos – 7,05
Mongaguá – 6,97
São Vicente – 6,73
Guarujá – 6,42
Cubatão – 6,23

 

Secom Itamhaém

 

Receber Noticias por email

Cadastre seu email no campo abaixo