Página Inicial | Mapa da cidade | Telefones Úteis | Fale conosco | Webmail | Horoscopo e tarot | chat | Receber noticias
Notícias :
Previous Next
Peruíbe abraça mães e bebês pelo pré-natal e amamentação

O objetivo do programa ­ é oferecer todos os recursos necessários para que as gestantes tenham acesso a consultas pré natais, exames e acompanhamento após o nascimento de seus filhos, que também receberão cuidados até completarem o primeiro ano de vida.

Peruíbe abraça mães e bebês pelo pré-natal e amamentação

Com isso, a expectativa é de que diminua o índice de mortalidade infantil no Município (em 2010 já foi, ao lado de Bertioga, o mais baixo da Baixada Santista), bem como o aumento do índice de aleitamento materno, com o apoio do Banco de Leite da Cidade.

O programa consiste em monitorar a gestante desde a confirmação da gravidez. Uma vez constatada, a gestante já é encaminhada para fazer todos os exames. Ela sairá da unidade de saúde com exame marcado. A partir daí, uma central do programa instalada na Secretaria de Saúde é acionada e passa a acompanhá-la. E para que não haja dificuldade de deslocamento para a paciente fazer o ultrassom passes de ônibus serão fornecidos para essas mães. Caso a gestante não compareça para fazer o exame, a central do programa é avisada, a fim de que um agente comunitário de saúde possa ir, no dia seguinte, à casa da paciente saber o que houve. Se ela for atendida pelo Samu, por exemplo, se for levada para o pronto-socorro, no dia seguinte isso também será comunicado. O acompanhamento na gravidez ainda inclui visitas ao hospital onde será realizado o parto, a fim de que a paciente possa ir se familiarizando com a maternidade onde terão seus filhos. Por ano, ocorrem, em média, 1.200 nascimentos na Cidade. No dia do parto, a mãe que participou do programa receberá de presente uma bolsa com cobertor, toalha de banho e roupas para a criança. E na primeira semana de vida do bebê, mãe e filho serão encaminhados ao Banco de Leite. Lá, as mulheres receberão orientações sobre aleitamento e as crianças serão acompanhadas pelo pediatra, até completarem um ano.

GANHOS

Esse projeto vai ajudar muito no controle dos faltosos do banco de leite, além de ajudar a controlar as crianças até um ano, incentivando as mães a amamentar. O resultado esperado é de aumento dos índices de aleitamento e de doações ao Banco de Leite. É esperada uma abrangência maior no conhecimento do trabalho executado e quanto isso é importante para a formação e a vida do bebê. Até um ano (de vida do bebê), toda a Cidade, todos os postos vão estar sintonizados. O sistema de Saúde estará falando a mesma coisa sobre o aleitamento e sua importância nos primeiros anos de vida da criança

Secom Peruíbe

 

Receber Noticias por email

Cadastre seu email no campo abaixo