Página Inicial | Mapa da cidade | Telefones Úteis | Fale conosco | Webmail | Horoscopo e tarot | chat | Receber noticias
Notícias :
Previous Next
UBS do Jardim América em Poá conta agora com Programa Antitabagismo
Poá

ubs j america-19-04-012-fernando araujo

A Secretaria de Saúde de Poá deu início nesta semana, no Programa Antitabagismo, que está sendo realizado na Unidade Básica de Saúde (UBS) Vereador Wellington Lopes da Silva, no Jardim América. O programa tem como objetivo ajudar os fumantes a eliminar o vício, por meio de um tratamento, que inclui uma equipe de saúde multidisciplinar.

UBS do Jardim América em Poá conta agora com Programa Antitabagismo

ubs j america-19-04-012-fernando araujoDe acordo com o a enfermeira e gerente da UBS, Marcilene Ribeiro, o programa já começou com 40 pacientes que estão se submetendo ao tratamento. Marcilene explicou ainda que o programa é uma iniciativa municipal, mas que segue as determinações do Ministério da Saúde. “É um programa sério, cujo tratamento deve durar cerca de dois meses, sendo uma consulta por semana”, disse.

A gerente destacou que o tratamento pode ser medicamentoso ou não, pois varia de acordo com a necessidade de cada pessoa. Ainda segundo Marcilene, o Programa atende tanto demanda espontânea que chega à unidade do Jardim América, quanto aqueles pacientes que vêm encaminhados de outros postos de saúde do município e, logo que iniciam o tratamento, passam por uma primeira avaliação com o médico.

Durante essa avaliação, o médico Leandro Martins Barbosa, que coordena o Programa Antitabagismo na UBS, analisa inicialmente o grau de dependência que a pessoa tem da nicotina, que permitirá indicar o tratamento, ou seja, isso inclui também se será necessário o uso de medicamentos.

De acordo com Marcilene, além da consulta médica, o paciente em tratamento contará ainda com o auxílio de enfermeiros, psicólogo, assistente social, acupunturista, farmacêutico, fisioterapeuta, nutricionista e educador físico. “Para ajudar um fumante a eliminar de vez o vício, é preciso investigar o motivo pelo qual começou a fumar, o meio familiar e social em que está inserido. A ajuda dos profissionais dessas diversas áreas é para que o tratamento seja completo, como por exemplo, o psicólogo, que vai conversar e trabalhar até mesmo possíveis problemas que fizeram aquela pessoa se viciar”, explicou.

Marcilene enfatizou que os pacientes não precisam temer que ao parar de fumar, irão ganhar peso, pois no Programa uma nutricionista indicará uma alimentação saudável, sendo essa ajuda complementada pelo educador físico. Além disso, a enfermeira lembrou que a dificuldade em respirar, sintoma esse comum nos fumantes, também será trabalhada. “É um tratamento importante e a intenção é que futuramente ele aconteça em outras Unidades Básicas de Saúde da cidade”.

Para a Secretária de Saúde do município, Claudia Cristina de Deus, o Programa vem atender uma parcela significativa da população que deseja se livrar do cigarro. Ela acrescentou que esse número de pacientes em tratamento é inicial, pois acredita que ele deve crescer com os trabalhos de conscientização sobre os malefícios do cigarro, feitos pela equipe de saúde do Programa.

FOTOS / FERNANDO ARAÚJO

Secom Poá

 

Receber Noticias por email

Cadastre seu email no campo abaixo

 

Ultimas publicações da região