Página Inicial | Mapa da cidade | Telefones Úteis | Fale conosco | Webmail | Horoscopo e tarot | chat | Receber noticias
Notícias :
Previous Next
Barman bebe e mantém promotora de eventos refém por três horas
Qua, 11 de Abril de 2012 02:52

Depois de ingerir bebida alcoólica, um barman trancou a porta de casa e manteve uma promotora de eventos refém, ameaçando-a de morte com duas facas, em Campinas, a 96 quilômetros da capital. Quando a PM chegou, o homem atacou os policiais, que tiveram de contê-lo com um projétil de borracha. O garçom foi autuado por sequestro, cárcere privado e outros crimes.

Barman bebe e mantém promotora de eventos refém por três horas

Uma gritaria, seguida por pedidos de socorro, alertou a vizinhança da rua Irmã Maria Inês. Quando os policiais militares chegaram, os gritos ainda continuavam. Eles foram até o portão e tentaram chamar os ocupantes da residência, mas a resposta ouvida foi que o barman W.C.L.N., de 29 anos, escondera a chave da porta e ameaçava de morte, com duas facas, uma promotora de eventos, de 36 anos.

Os policiais precisaram arrombar a porta para entrar na casa, e encontraram o barman, que ameaçava a vítima com uma faca grande de cabo preto. Transtornado, o homem não só se negou a largar a faca, como passou a ameaçar também os policiais. Para contê-lo, foi necessário um disparo de projétil de borracha, que o atingiu na região da virilha.

Duas facas
Mesmo com o disparo, foi preciso quatro policiais para vencer a resistência do barman, que ingerira bebida alcoólica e substâncias entorpecentes, segundo afirmou a promotora de eventos, que ficou três horas sob ameaça de faca. Antes disso, o suspeito tinha aberto o botijão de gás para sufocá-la.

O barman foi levado para um hospital, para ser examinado por um urologista, e posteriormente levado para a carceragem do 2º Distrito Policial de Campinas. Ele foi autuado por sequestro, cárcere privado, ameaça, resistência e violência doméstica no 1º DP de Campinas.

Gabriel Rosado

SSP