Página Inicial | Mapa da cidade | Telefones Úteis | Fale conosco | Webmail | Horoscopo e tarot | chat | Receber noticias
Notícias :
Previous Next
Secretário de Segurança do Estado de São Paulo fará reuniões diárias com as polícias e promete reforços
Seg, 26 de Novembro de 2012 12:11

O secretário de Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, fará reuniões diárias com os comandantes das polícias Civil, Militar e Técnico-Científica a partir de amanhã. E disse que haverá reforços nas três corporações.

Secretário de Segurança do Estado de São Paulo fará reuniões diárias com as polícias e promete reforços

"A população espera que as polícias atuem conjuntamente e de maneira integrada, para que tenham bons resultados", afirmou o secretário durante entrevista no início da tarde desta segunda-feira (26 de novembro) no telejornal SPTV Primeira Edição, da Rede Globo.

As reuniões diárias visam definir estratégias de enfrentamento do crime e da violência. "Vamos tratar estas estratégias diariamente e não descartamos nenhuma medida."

A entrevista foi concedida logo após o anúncio dos novos chefes das polícias Militar e Civil, respectivamente o coronel Benedito Roberto Meira e o delegado Luiz Maurício Blazeck.

O secretário afirmou que os comandos das polícias serão reforçados. Na PM, a meta é colocar "mais policiamento nas ruas." Na Civil e Técnico-Científica, ao objetivo é agilizar a chegada das equipes de investigações e perícia o mais rápido possível no local dos crimes, para facilitar a elucidação dos casos.

"Já pedi ao novo delegado-geral a agilização das investigações que estão a cargo do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), com reforços nas equipes", afirmou o secretário, ao ser questionado sobre o aumento dos homicídios na Capital e a suspeita de envolvimento de PMs em crimes . "Nenhuma morte vai ficar sem esclarecimento."

Grella também disse que haverá uma reformulação nos trabalhos de inteligência das polícias.

O secretário prometeu empenho e "trabalho intenso" para reverter o aumento de homicídios no Estado. "Vamos trabalhar muito, intensamente para que São Paulo retorne aos índices de criminalidade de meses atrás, frutos de uma política séria de segurança pública."

SSP